Terra Boa é a 2ª cidade da região em número de novos postos de trabalho em 2016

0
Município teve aumento do número de empregos em 2016 (foto: Renato Ribeiro)
Evandro Junior

 

A cidade de Terra Boa foi a segunda colocada no número de geração de novas vagas de empregos no mercado de trabalho no ano de 2016, entre os 25 municípios que integram a região da Comcam.

Segundo dados divulgados pelo Caged, do Ministério do Trabalho, Terra Boa criou 62 novos postos de trabalho e só perdeu no Ranking da Geração de Empregos para Campina da Lagoa, que gerou cinco vagas a mais.

Os números ainda revelam que além de Terra Boa, apenas outros 12 municípios da região tiveram saldos positivos. Entre as cidades que fecharam o ano na contramão do resto do país estão: Barbosa Ferraz (38), Nova Cantu (34), Quinta do Sol (28), Moreira Sales (25), Quarto Centenário (18), Janiópolis (11), Corumbataí do Sul (8), Altamira do Paraná (5), Farol (2) e Juranda (1).

Ainda segundo o Caged,  12 municípios tiveram saldo negativos, entre eles: Rancho Alegre  do Oeste , que teve o pior desempenho com a perda de 467 postos de trabalho. Araruna com menos 266 vagas e Engenheiro Beltrão que perdeu 126 empregos em 2016. Além destes, ocuparam posições negativas no ranking: Roncador (- 68 vagas),  Goioerê (-52), Peabiru (-51), Ubiratã (-41), Campo Mourão: (-57),   Boa Esperança: (-7), Mamborê (-6), Fênix: (-5), Iretama (-2) e Luiziana (-4).

Mesmo tendo um número maior de municípios que geraram empregos em 2016, o saldo foi negativo para a região com a perda de 853 vagas de emprego.

VALORIZAÇÃO E INCENTIVO AS EMPRESAS LOCAIS FOI FUNDAMENTAL PARA AUMENTO DE EMPREGOS, DIZ PREFEITO

Valtinho diz que valorização das empresas locais é fundamental para enfrentar a recessão ( foto: Junior Garbim/JER)

O prefeito Valter Peres (PDT) recebeu com muita alegria a notícia de que a cidade de Terra Boa conseguir driblar a crise e gerar novos postos de trabalho no ano passado.

Valtinho acredita que a cidade organizada e bem cuidada,  ajuda a atrair novas indústrias para o município. No entanto, a política de valorização das empresas que já estão instaladas na cidade foi fundamental para que Terra Boa vencesse a crise e continuasse gerando novos empregos.

“Mais do que atrairmos novas empresas para nossa cidade  temos que zelar pelas que aqui já estão instaladas. Por isso me preocupo e incentivar os nossos empresários oferecendo os mais variados benefícios tributários para que não só se mantenham em Terra Boa, mas que ainda continue a gerar novos postos de trabalho”, afirmou o prefeito, mencionando que  priorizar o comércio local é uma atitude fundamental do administrador  para  combater a recessão.

Matéria: Junior Garbim/ JER

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome