Justiça condena marido e mãe de jovem assassinada em Apucarana

0
Bruno Costa e sua sogra, que era sua amante, planejaram a morte da jovem Jéssica ( AN Notícias)
Evandro Junior

Terminou, por volta das 22h de quarta-feira (8), o julgamento de três acusados de matar a jovem Jéssica Carline Ananias da Costa em maio de 2013, em Apucarana, no norte do Paraná.

Foram condenados o marido da vítima, que, à época, confessou o crime; a mãe dela, que, conforme a denúncia, mantinha um relacionamento com o genro e ajudou a planejar o crime; e uma terceira pessoa acusada de participar do homicídio.O julgamento foi dividido em dois dias e, no total, durou cerca de 24 horas.

O marido e a mãe da jovem foram condenados a 23 anos de prisão; ambos já cumpriam prisão provisória e continuam na cadeia enquanto os advogados entram com recurso. O terceiro acusado foi condenado a 10 anos de prisão.

Entenda o caso
O crime ocorreu no dia 9 de maio de 2013. A vítima tinha 22 anos à época do homicídio. O marido acabou confessando a autoria do crime em depoimento à Polícia Civil. Inicialmente, ele mentiu e disse aos policiais que a jovem tinha sido vítima de um assalto e que foi morta porque reagiu.

Quinze dias depois, a mãe de Jéssica foi presa por ser suspeita de envolvimento na morte. Após a prisão, a polícia informou que o marido planejou o crime para assumir o relacionamento que mantinha com a sogra. A moça foi morta dentro de casa por pelo menos 20 golpes de faca. As informações são do site G1 PR.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome