Identificado corpo encontrado em bueiro às margens da PR-317

0
IML fez o recolhimento do corpo localizado às margens da PR-317 ( foto: Divulgação/JER)
Evandro Junior

O desempregado Paulo Alves Marçal, de 56 anos, foi identificado como sendo a vítima de um homicídio ocorrido no início da noite da última sexta-feira (02), na cidade de Engenheiro Beltrão. O corpo de “Paulinho”, como era conhecido, foi localizado em estado avançado de decomposição pela Polícia Militar e estava dentro de um bueiro às margens da rodovia PR-317, nas proximidades da “Vila do Zé Guedes”.

De acordo com o delegado Dr. Wagner Soares Quintão,  familiares da vítima já haviam comunicado seu desaparecimento à Polícia Militar e sua identificação foi imediata, já no local onde o cadáver foi encontrado. “Ele estava desaparecido desde a última terça-feira, e familiares que registraram o caso junto à PM demonstraram preocupação quanto a sua vida, já que o mesmo era usuário de entorpecentes e havia rumores de que estaria envolvido em um suposto imbróglio com um traficante” revela o delegado.

Dr. Wagner Quintão já abriu inquérito para apurar autoria do crime ( foto: JR Garbim/JER)

Ainda segundo Quintão, o corpo apresentava pelo mesmo um ferimento proveniente de disparo de arma de fogo. “Os investigadores estiveram no local e constaram que a vítima foi atingida por pelo menos um tiro, que perfurou  a região da nuca. Ainda não temos a precisão exata do número de perfurações, mas não há dúvida que se trata de um homicídio. Esperamos, agora,  o laudo pericial do Instituto Médico Legal para esclarecermos a causa morte ”, adianta o delegado, que já abriu inquérito para investigar sua autoria.

“Já iniciamos também as investigações e trabalharemos com base no boletim de ocorrência da PM, onde familiares de Paulinho relataram a situação desde o seu desaparecimento. Nossa linha de raciocínio é obvia, e o crime que tem ligação direta com o consumo e com o tráfico de drogas”, pontuou Quintão.

Bueiro onde o cadáver foi encontrado pelos policiais militares ( foto: JR. Garbim/JER)

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome