PEABIRU l Mulher é encontrada morta dentro da cadeia pública

0
foto: Arquivo/ Divulgação
Evandro Junior

Cibele Gonçalves Czadotz ( idade não revelada) foi encontrada morta,na cela onde estava presa, na delegacia de Peabiru. A morte  da detenta foi confirmada na manhã desta segunda-feira (29), e Cibele é acusada de ser mandante da morte do próprio ex-marido, William Akihiko Ogata, de 43 anos. O crime ocorreu no dia 18 de outubro de 2017, na área central da cidade. Tui Ogata, como era conhecido em Peabiru, foi executado com vários tiros quando chegava a sua residência a bordo de seu veículo.

Informações extraoficiais dão conta de que Cibele Gonçalves, que estava presa temporariamente, cometeu o suicídio, se enforcando.

Peritos da cidade de Maringá se deslocaram até Peabiru para levantar detalhes do caso. Familiares da vítima e um advogado também estiveram na delegacia acompanhando o desfecho trágico.

Na sequência, a Polícia Civil deverá se manifestar sobre o ocorrido dar detalhes da morte dentro da cadeia pública de Peabiru.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome