ARARUNA l Coveiro é acusado de cobrança indevida de obra em cemitério

0
Foto: Ilustração/ Google
Evandro Junior

A Polícia Militar (PM) de Araruna recebeu uma denúncia dos moradores da cidade, Helen Priscila Boaventura Poyer e José Lazaro Ferreira, acusando um coveiro do município, identificado como I.F., de ter cobrado indevidamente o valor de R$ 600,00 para obras em um túmulo. Segundo os denunciantes, o irmão de Helen, Marcos Douglas Poyer, havia repassado o valor após solicitação do coveiro, no último dia 7 de junho.

Conforme Helen, o dinheiro recebido pelo servidor seria para obras no túmulo de sua mãe, sepultada no “campo santo”. A ter conhecimento da situação, a denunciante procurou a Polícia Militar da cidade para relatar o caso. Segundo ela, o coveiro, na função de servidor público, não deveria ter cobrado para o trabalho.

Com base nas informações, a polícia acionou o secretário de Obras do município, que questionou o servidor sobre a situação. Ele confirmou o recebimento do dinheiro e se prontificou a fazer a devolução do valor às vítimas. Após o registro do boletim de ocorrência, a situação foi repassada à Delegacia de Polícia Civil de Peabiru, para apuração dos fatos. (Inf.: Tribuna do Interior)

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome