Inaugurada nova ponte sobre o Rio Ivaí na PR-317

0
Governadora Cida Borghetti inaugurou, nesta sexta-feira (06), a obra da nova ponte construída sobre o Rio Ivaí, na PR-317, entre os municípios de Floresta e Engenheiro Beltrão, no Noroeste do Paraná. Cida também autorizou R$2,67 mi para outros 10 municípios da região, o repasse de R$361,4 mil para reparos em três escolas do campo, e R$7,5 mi para a construção de uma nova escola em Campo Mourão. Floresta,06/07/2018 Foto:Jaelson Lucas / ANPr
Evandro Junior

A governadora Cida Borghetti inaugurou nesta sexta-feira (6) a nova ponte construída sobre o Rio Ivaí, na PR-317, entre os municípios de Floresta e Engenheiro Beltrão, no Noroeste do Estado. Ela também autorizou R$ 2,67 milhões para outros 10 municípios da região, além do repasse de R$ 361,4 mil para reparos em três escolas do campo, e R$ 7,5 mi destinados à construção de uma nova unidade da rede estadual em Campo Mourão.

“São obras significativas para fomentar o desenvolvimento e trazer novos investimentos para uma região importante do Paraná”, disse a governadora.

Cida anunciou, ainda, que Instituto Ambiental do Paraná (IAP) vai abrir concurso público para 160 vagas no Estado em todas as áreas ambientais.

Governadora Cida Borghetti inaugurou, nesta sexta-feira (06), a obra da nova ponte construída sobre o Rio Ivaí, na PR-317, entre os municípios de Floresta e Engenheiro Beltrão, no Noroeste do Paraná. Cida também autorizou R$2,67 mi para outros 10 municípios da região, o repasse de R$361,4 mil para reparos em três escolas do campo, e R$7,5 mi para a construção de uma nova escola em Campo Mourão. Floresta,06/07/2018 Foto:Jaelson Lucas / ANPr

PONTE – A nova ponte sobre o Rio Ivaí oferece mais segurança, além de melhorar a mobilidade para os usuários. Com 33 metros de altura – o equivalente a um prédio de 11 andares – a ponte tem 280 metros de extensão e 12 de largura. A concessionária Viapar, que adminstra o trecho, investiu R$ 30 milhões na travessia. Para erguer a estrutura foram gastos 5 mil metros cúbicos de concreto e 3 mil toneladas de aço.

A tecnologia empregada, de balanços sucessivos, é pioneira na região. Não utilizados escoramentos dentro do rio. A travessia foi construída de forma simultânea a partir dos dois pilares principais de sustentação.

Cida disse que acompanha o projeto de engenharia desde que as fortes chuvas destruíram a antiga travessia. “É uma ponte moderna que vai trazer segurança e durar por muitos anos. O serviço público precisa ser de qualidade e essa obra é exemplo de qualidade e modernidade, desde o projeto apresentado até o material utilizado”, afirmou.

Para o prefeito de Engenheiro Beltrão, Rogério Rigueti, pontes são essenciais para reduzir barrerias e fomentar o desenvolvimento. “Uma ponte como essa dá mais agilidade ao transporte rodoviário, diminui custos e aproxima pequenos municípios de grandes polos, como Maringá, com mais rapidez e segurança”.

O município tem 14,5 mil habitantes que usam bastante o trajeto até Maringá. “Nos últimos tempos, chuvas fortes impediram o tráfego na região e essa nova travessia oferece a tranquilidade para se deslocar”, completou Rigueti.

Os 7 mil moradores de Floresta também vão serão beneficiados com o novo trajeto. “Aqui é a corrente para o Mercosul, onde trafega todo tipo de empreendimento. São pessoas que trabalham, que viajam a passeio até o Oeste do Estado e que movimentam toda essa região do Noroeste do Paraná”, destacou o prefeito Ademir Luiz Maciel.

Também participaram da solenidade os deputados federais Alex Canziani e Ricardo Barros; o deputado estadual Evandro Júnior; o secretário do Desenvolvimento Urbano, Silvio Barros; comunidade e prefeitos da região.

Governadora Cida Borghetti inaugurou, nesta sexta-feira (06), a obra da nova ponte construída sobre o Rio Ivaí, na PR-317, entre os municípios de Floresta e Engenheiro Beltrão, no Noroeste do Paraná. Cida também autorizou R$2,67 mi para outros 10 municípios da região, o repasse de R$361,4 mil para reparos em três escolas do campo, e R$7,5 mi para a construção de uma nova escola em Campo Mourão. Floresta,06/07/2018 Foto:Jaelson Lucas / ANPr

VARIANTE  Estudos técnicos do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) apontaram a necessidade de uma variante. Construída pelo Governo do Estado, ela encurta em um quilômetro o trajeto Maringá/Campo Mourão. Quem seguir neste sentido passará pela variante e atravessará a ponte nova. Agora, nos dois sentidos, os motorista seguirão por pistas duplicadas. Mais de 120 mil pessoas serão diretamente beneficiadas por estas obras.

O superintende do DER-PR, Otávio Rocha, destacou que o trecho tinha vários pontos sem duplicação. Também foram feitos reforços para evitar erosões devido às cheias do Rio Ivaí que acontecem quando chove forte na região. “Esse é um sonho da população sendo realizado. É uma estrutura mais alta para que a água escoe, por conta da topografia diferenciada. Foram realizados estudos para fazer uma drenagem que suporte a vazão da água”, explicou.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome