Jovem é morto por policiais após atropelar 8 pessoas e fazer ameaça com arma, diz PM

0
Situação aconteceu na noite de sábado (22), em Maringá — Foto: Plantão Maringá
Evandro Junior

Do G1 Paraná

Um jovem de 20 anos foi morto a tiros por policiais em Maringá, após atropelar oito pessoas e fazer ameaças com uma pistola na noite de sábado (22), de acordo com a Polícia Militar (PM).

A confusão aconteceu por volta das 23h em frente a um clube na rodovia PR-317, onde era realizada uma festa.

Conforme a PM, o rapaz estava em um carro com “som excessivamente alto e obstruindo a via marginal da rodovia”, quando teria discutido com seguranças da festa e arrancado com o automóvel, provocando os atropelamentos.

Ainda segundo a PM, dois policiais militares que estavam de folga, sem uniforme da corporação, tentaram abordar o condutor do veículo, que teria apontado uma arma em direção a eles.

Os policiais estavam armados e atiraram contra o motorista, que morreu no local. De acordo com os socorristas, o corpo apresentava quatro perfurações de disparos, no tórax e abdômen.

Em nota, a PM informou que o rapaz contava com “diversas passagens criminais, inclusive por suspeita de homicídio”.

Foram entregues na 9ª Subdivisão Policial uma pistola calibre 9mm, 16 munições intactas, uma munição deflagrada, dois celulares e R$ 530 em dinheiro – objetos que estariam com o condutor do veículo.

O automóvel também foi levado à delegacia e será periciado. O carro apresenta duas perfurações de tiros – uma no para-brisa e outra na porta, ambas do lado do condutor. O vidro da porta do condutor ficou estilhaçado.

O Corpo de Bombeiros informou que nenhuma das vítimas do atropelamento sofreu ferimentos graves.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome