Delegado diz que já tem indícios da autoria do furto de mais de 80 túmulos no cemitério de Ivailândia

0
Dr. Wagner Quintão já tem indícios de quem seria o autor do crime que revoltou os moradores de Ivailândia ( foto: Jr Garbim/JER)
Evandro Junior

Na tarde de quinta-feira (27), o delegado Dr. Wagner Quintão Soares, responsável pela Delegacia da Polícia Civil de Engenheiro Beltrão, revelou que já tem indícios de quem seria o autor do furto de peças em bronze do Cemitério Municipal do Distrito de Ivailândia.

O crime foi registrado na tarde do último domingo (16/09), quando 84 jazigos foram violados e tiveram letreiros, placas com os nomes dos entes, crucifixos e vasos de bronze furtados.

De acordo com o delegado, desde o momento em que a Polícia Civil foi comunicada a respeito do delito, vem investigando o caso para dar uma resposta imediata a população, que ficou extremamente abalada.

“Não paramos um só instante de investigar e queremos apresentar o mais rápido possível o autor deste crime, dando uma resposta rápida a comunidade de Ivailândia”, garantiu.

Dr. Wagner confidenciou que, além do suposto acusado que foi detido recentemente na região de Maringá, ainda está investigando empresas que produzem as peças e fazem a fundição do bronze.

“Existem poucas empresas em nossa região que fazem a fundição do bronze. Por isso, estamos investigando se há alguma que possa ter envolvimento com essa ocorrência. Descobrindo à destinação das peças, descobrimos o autor ou autores deste crime”, acredita o delegado, citando que as peças têm alto valor comercial, já que se tratam de um material em bronze maciço.

Para os próximos dias, Dr. Wagner Quintão afirmou que trará mais informações da investigação e o nome do autor do delito.

Letreiros, placas com os nomes dos entes, crucifixos e vasos de bronze furtados dos túmulos (foto: Divulgação/Whatsapp)

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome