MP apreende material ilícito de campanha eleitoral em Peabiru

0
Materiais apreendidos tem Lula como candidato a presidente ( foto: Divulgação MP)
Evandro Junior

Da Tribuna do Interior

Uma operação coordenada pela Promotoria de Justiça da Comarca de Peabiru em conjunto com a Polícia Civil, cumpriu mandados de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (1) em Peabiru, apreendendo uma grande quantidade de material ilícito de campanha eleitoral. A ação foi autorizada pela Justiça Eleitoral. Os envolvidos, entre eles, um vereador da cidade, foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil por crime eleitoral.

De acordo com informações do Ministério Público, entre os materiais gráficos apreendidos, estão “santinhos” contendo o ex-presidente Lula como candidato a presidente da República. Condenado na Operação Lava-Jato a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Lula está preso na sede da Polícia Federal, em Curitiba desde o dia 7 de abril deste ano, impedido de disputar as eleições.

Conforme o promotor de Justiça da Comarca, Erinton Dalmaso, foi apreendida uma quantidade relevante de material de propaganda irregular. Segundo ele, considerando que falta uma semana para as eleições, os indícios são de que os “santinhos” seriam distribuídos ainda esta semana na cidade.

“Não afastamos a possibilidade de ser empregado como ‘derrame de santinhos’ ou ‘voo da madrugada’ de sábado para domingo”, afirmou. A operação que culminou com as apreensões desta segunda-feira, iniciou com a apreensão de propaganda irregular na última semana, pessoalmente pelo promotor.

Durante a ação desta manhã, algumas pessoas foram conduzidas à delegacia de Peabiru, entre elas um vereador da cidade, pela prática de crime eleitoral. A pena prevista no Código Eleitoral para este tipo de crime é detenção de 2 meses a 1m ano, ou pagamento de 120 a 150 dias-multa. O material apreendido será separado e conferido para elaboração de um auto de apreensão.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome