Presidente da Câmara rescinde contrato com o Jornal Enfoque Regional e contrata nova empresa pagando 30% a mais

0
Sem nenhuma argumentação plausível, o presidente da Casa de Leis, ‘Valdir Americano’, rescindiu o contrato com o Enfoque Regional e contratou uma nova empresa pagando um valor 30% maior ( foto: Assessoria CMEB)
Evandro Junior

Em um de seus primeiros atos à frente do Poder Legislativo, o vereador Valdir Hermes da Silva (PSDB), resolveu rescindir o contrato de publicação de atos oficiais da Câmara Municipal com o Jornal Enfoque Regional (JER).

O comunicado da rescisão contratual foi feito pelo assessor jurídico da Casa de Leis, Rui Ghellere, que ainda tentou manter a divulgação dos atos oficiais e das atividades parlamentares no único jornal impresso existente no município de Engenheiro Beltrão.

A rescisão acontece exatamente 10 anos após o Enfoque Regional ter sido aprovado, por unanimidade, para ser o Órgão Oficial da Câmara Municipal.

Para o diretor do Jornal Enfoque Regional (JER), Adalmir José Garbim Júnior, não há um motivo plausível para a rescisão contratual, haja vista que a empresa vinha fazendo todas as publicações de atos de caráter documental oficial, inclusive as atividades coletivas desempenhadas pelos vereadores, que não era uma obrigação prevista no contrato.

“Há dez anos prestamos serviços à câmara municipal e nunca tivemos problemas com nenhum dos vereadores que presidiram a casa. Sinceramente, não entendi a motivação desta rescisão, já que nunca houve algum questionamento sobre o pagamento feito ao jornal pelo Tribunal de Contas do Estado. Meu sentimento é de ter sido apunhalado pelas costas”, lamentou Junior Garbim, citando que o valor pagado ao jornal é o mesmo desde o início do contrato, que se deu em 2009, sendo feitos apenas os reajustes anuais conforme o salário mínimo nacional.

Como o jornal tem sido implacável nas cobranças junto o Poder Executivo, Junior Garbim não descarta a hipótese de ser mais uma represália ao trabalho livre da imprensa no município.

“Sei que meu trabalho não agrada o grupo político que atualmente está no poder, pois não aceitam que a verdade seja publicada. Como já fizeram de tudo para me prejudicar profissionalmente e não conseguiram, acredito que agora resolveram perseguir também o jornal, que é minha principal fonte de renda. Não queria que fosse assim, mas é evidente que essa atitude partindo do atual presidente da Câmara, que era de dentro da minha casa e comia no mesmo prato que eu, possa ser uma retaliação ao trabalho implacável e imparcial que venho desenvolvendo ”, lamenta o comunicador, que mantém o jornal há 13 anos circulando em cinco municípios da região.

ALEGAÇÃO DE SUPOSTA ECONOMIA NÃO PROCEDE 

Sobre a alegação de que a Casa de Leis estaria promovendo um corte de despesas, Junior Garbim rechaça a hipótese e acha isso improvável, haja vista que uma nova empresa foi contratada para fazer o trabalho de comunicação do Poder Legislativo e receberá um valor 30% maior do que era pagado ao Jornal Enfoque Regional pelo serviço.

O valor do contrato celebrado com a referida empresa é de R$ 15 mil e é válido pelos próximos doze meses. Por esse valor, a contratada fará publicações de material supostamente jornalístico na página oficial da Casa de Leis, nas redes sociais. A contratação foi feita por meio de uma dispensa de licitação, sem o direito à concorrência pública.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome