Arrastão contra a Dengue mobiliza população de Quinta do Sol

0
Evandro Junior

A Secretaria de Saúde de Quinta do Sol entrou em estado de alerta ao notificar casos suspeitos de Dengue no município. Além disso, o índice de infestação do mosquito Aedes Aegypti está em 7%, um valor sete vezes acima do recomendado pelo Ministério da Saúde.

Com isso, a Secretaria de Saúde e a Prefeitura de Quinta do Sol promoveram um arrastão contra a dengue na última segunda-feira, que mobilizou servidores públicos de diversos setores da administração municipal, escolas e cidadãos quintassolenses.

O secretário de Saúde, Lucas Florêncio afirmou que, a realização do arrastão é fundamental para reduzir a infestação do mosquito Aedes aegypti que se mostrou elevado no último levantamento realizado pela Vigilância Sanitária e os agentes de endemias. Por isso, a colaboração de toda a população na manutenção dos quintais limpos é importante para evitar uma nova epidemia. A Secretaria de Saúde distribuiu sacos plásticos na semana anterior ao arrastão para que a população começasse a fazer a limpeza do próprio quintal.

O prefeito João Claudio Romero e o vice-prefeito Leandro Arruda incentivam a realização do arrastão e agradeceram a colaboração e empenho de todos para desenvolver esta atividade e assim diminuir a possibilidade de casos de dengue em Quinta do Sol.

Dezenas de funcionários públicos de diversos setores passaram por todos os imóveis – casas, comércios, prédios públicos, terrenos baldios – de Quinta do Sol para realizar a vistoria nos quintais, recolher o lixo que os moradores retiraram e notificar os quintais que não foram limpos pelos donos.

A população também recebeu orientações para manter o quintal limpo, cobrir e vedar reservatórios de água, colocar areia nos vasos de plantas e lavar semanalmente bebedouros de animais. Na próxima semana, os imóveis notificados receberão a visita dos profissionais da Secretaria de Saúde, se a situação não tiver sido regularizada, poderão receber multa.

Ao final da operação de arrastão foram coletados centenas de sacos de lixo, reduzindo o número de possíveis criadouros dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus, que podem transmitir Dengue, Chikungunya e Zika Vírus.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome